QRZ Call Sign Lookup

Aug 052013
 

O CVA DX vem buscando espaço e crescendo a cada ano. Ano passado foram mais de 800 estações do Brasil nas duas fases do CVA DX incluindo participações indiretas nas estações multi-op, esse ano queremos chegar ou ultrapassar a marca das 1000 estações brasileiras, para mostrar ao mundo a força do radioamadorismo brasileiro, contamos com a divulgação e participação de todos.

 

1097979_457671197663074_965871345_n

REGULAMENTO DO CONCURSO VERDE E AMARELO

 

1.PERÍODO:

Data Modo Hora Evento
Terceiro sábado de agosto CW 21:00 (UTC) Início
Terceiro domingo de agosto CW 21:00 (UTC) Fim
Quarto sábado de agosto SSB 21:00 (UTC) Início
Quarto domingo de agosto SSB 21:00 (UTC) Fim

 

REGULAMENTO DO CONCURSO VERDE E AMARELO

 

2. CATEGORIAS

 

2.1 Categorias CW e SSB:

a) Operador Único – Única Banda Alta Potência: 10, 15, 20, 40 e 80m: Todos os trabalhos de operação e registro são executados por uma pessoa (o operador). Apenas um sinal transmitido é permitido em qualquer momento.  A potência de saída não deve exceder a potência máxima permitida na legislação em vigor no país.  (premiação para 1º colocado nacional e  internacional).

 

b) Operador Único – Única Banda Baixa Potência (até 100 w): 10, 15, 20, 40 e 80m: Todos os trabalhos de operação e registro são executados por uma pessoa (o operador). Apenas um sinal transmitido é permitido em qualquer momento.  A potência total de saída não deve exceder 100 w ( premiação para o 1º colocado nacional e 1º colocado internacional).

 

c) Operador Único – Todas as Bandas QRP (até 5 w ): Todos os trabalhos de operação e registro são executados por uma pessoa (o operador). Apenas um sinal transmitido é permitido em qualquer momento. QSY para outras bandas após 10 minutos na banda já trabalhada. A potência total de saída não deve exceder 5w ( premiação para o 1º colocado nacional e 1º colocado internacional).

 

d) Operador Único – Alta Potência todas as Bandas: Todos os trabalhos de operação e registro são executados por uma pessoa (o operador). QSY para outras bandas após 10 minutos da banda já trabalhada.  A potência de saída não deve exceder a potência máxima permitida na legislação em vigor no país.  (premiação para 1º colocado nacional e 1º colocado internacional).

 

e) Operador Único – Baixa Potência todas as Bandas: Todos os trabalhos de operação e registro são executados por uma pessoa (o operador). Apenas um sinal transmitido é permitido em qualquer momento. QSY para outras bandas após10 minutos na banda já trabalhada.   A potência máxima de saída não deve exceder 100 watts (premiação para  1º colocado nacional e 1º colocado internacional).

 

 

f) MIL:(estações multi – op, localizadas em Unidades Militares ou em instalações da Justiça Militar da União) : Nessa categoria os operadores poderão ser civis ou militares, operando estações dentro de Unidades Militares, das Forças Armadas ou Auxiliares, bem como em Auditorias da Justiça Militar da União ou no edifício sede do Superior Tribunal Militar. Apenas um sinal transmitido é permitido em qualquer momento. QSY para outras bandas após 10 minutos na banda já trabalhada. A potência de saída não deve exceder a potência máxima permitida na legislação em vigor no país.  (Premiação: 1º e 2º colocado nacional e 1º  e 2º internacional).

 

 

g) Operador Único Militar  – Baixa  Potência todas as Bandas:  (Militares da ativa, Reserva remunerada, Oficiais e Sargentos R/2 ou Reformados das três Forças Armadas e Forças Auxiliares – Polícias Militares e Corpo de Bombeiros Militares).  Todos os trabalhos de operação e registro é executado por uma pessoa (o operador). Apenas um sinal transmitido é permitido em qualquer momento. QSY para outras bandas após 10 minutos na banda já trabalhada.  A potência máxima de saída não deve exceder 100 watts. (premiação para 1º e 2º colocados nacional e 1º colocado internacional).

 

h) Operador Único Militar – Alta Potência todas as Bandas: (Militares da ativa, Reserva remunerada, Oficiais e Sargentos R/2  ou Reformados  das três Forças Armadas e Forças Auxiliares – Polícias Militares e Corpo de Bombeiros Militares).  Todos os trabalhos de operação e registro é executado por uma pessoa (o operador). Apenas um sinal transmitido é permitido em qualquer momento. QSY para outras bandas após 10 minutos na banda já trabalhada.  A potência de saída não deve exceder a potência máxima permitida na legislação em vigor no país. (premiação para 1º e 2º colocados nacional e 1º colocado internacional).

 

i) Operador Único Radioamador Amigo do Exército Brasileiro – Baixa Potência todas as Bandas:  Radioamadores Brasileiros membros do projeto Radoiamador Amigo do Exército Brasileiro (RAEB) e que constam na lista de cadatro do CRAEC.  Todos os trabalhos de operação e registro é executado por uma pessoa (o operador). Apenas um sinal transmitido é permitido em qualquer momento. QSY para outras bandas após 10 minutos na banda já trabalhada.  A potência máxima de saída não deve exceder 100 watts. (premiação para 1º , 2º e 3º colocado nacional). (Lista de cadastrados no RAEB)

 

J) Multi – Operador – Único transmissor todas as banda baixa potência: Mais de uma pessoa pode contribuir para a pontuação final durante o período oficial da competição. Apenas um sinal transmitido é permitido em qualquer momento. QSY para outras bandas após 10 minutos na banda já trabalhada. A potência de saída não deve exceder a 100 W (cem watts).  (premiação para 1º, 2º  colocados nacional e 1º, 2º colocados internacional).

 

k) Multi – Operador – Único transmissor todas as banda alta potência: Mais de uma pessoa pode contribuir para a pontuação final durante o período oficial da competição. Apenas um sinal transmitido é permitido em qualquer momento. QSY para outras bandas após 10 minutos na banda já trabalhada. A potência de saída não deve exceder a potência máxima permitida na legislação em vigor no país.  (premiação para 1º, 2º colocados nacional e 1º, 2º  colocados internacional).

 

 l) Multi – Operador Dois Transmissores (MULTI-TWO): Mais de uma pessoa pode contribuir para a pontuação final durante o período oficial da competição. Um máximo de dois sinais transmitidos é permitido a qualquer tempo em bandas diferentes. Qualquer um dos transmissores pode trabalhar quaisquer e todas as estações. Uma estação só pode ser trabalhada uma vez por banda independente de qual transmissor for usado.QSY para outras bandas após 10 minutos na banda já trabalhada, exceto multiplicadores. A potência de saída não deve exceder a potência máxima permitida na legislação em vigor no país. O log deve indicar qual transmissor fez cada QSO (coluna 81 do modelo de QSO CABRILLO (n1mm) para concursos módulo CVADX estações two),  (premiação para 1º e 2º  colocados nacional e 1º e, 2º  colocados internacional).

 

m) Clubes: (Somatório da pontuação de todos os integrantes): Nessa categoria haverá premiações para os primeiro, segundo e terceiro colocados Nacional e primeiro colocado internacional.

 

n) HQ (LABRES e Associações Reconhecidas pela IARU): Nessa categoria haverá premiações para os 1º e 2º colocados nacional e 1º internacional.

 

o) TEEN Operador Único (até 17 anos): Nessa categoria haverá premiação para o primeiro colocado nacional e internacional.

 

p) YL Operador Único: Exclusivo para Radioamadoras, premiação para 1ª e 2ª colocadas Nacional e 1ª  e 2ª colocadas internacional.

 

 

ORVELAY: SUBCATEGORIA CW e SSB

 

a) ROOKIE (novato): para participar nesta categoria, o operador deve ter sido licenciado a três (3) anos ou menos da data da competição. Indicar a data da primeira licença no campo SOAPBOX e nunca ter participado do CVA DX com outro indicativo.

 

b) Demonstration (demonstração): para participar desta categoria, a estação deverá estar montada em locais públicos como praças, feiras de exposições, eventos de maneira geral, escolas e outros locais abertos à visitação pública. A visitação deverá ser comprovada por meio de cópias de registros  de visitas, fotografias, notícias na mídia ou outra forma de comprovação. A comprovação da condição de operação deverá ser feita por meio de envio dos documentos digitalizados por e-mail em conjunto com o Log. Não é permitida a operação da estação por meio de operadores não habilitados e a demonstração da operação da estação não pode sob hipótese alguma perturbar o bom andamento da dinâmica do conteste. A estação deverá possuir um radioamador na função de Operador de Comunicação Social que deverá ser o responsável pela demonstração sem o prejuízo da operação. No caso de categoria “Operador – Único”, é admitido a presença de um segundo radioamador na função de Operador de Comunicação Social, mas este segundo operador em momento algum poderá realizar QSO para a estação, sendo exclusiva a operação em todas as fases do conteste ao operador titular da estação.premiação para 1ª e 2ª colocados Nacional e 1ª e 2ª colocados internacional

 

3. EXCHANGE

a) Estação Diretora do CRAEC

RST + CVA (599 CVA ou 59 CVA)

 

b) Estações da LABRE e Associações de radioamadores reconhecidas pela IARU

RST + HQ (599 HQ ou 59 HQ)

 

c) Estações localizadas em Unidades Militares ou Operador Único Militar

RST + MIL (599 MIL ou 59 MIL)

 

d) Estações Brasileiras

RST + UF (599 RN ou 59 RN)

* RN é a UF do Rio Grande do Norte.

 

e) Estações QRP

RST + QRP (599 QRP ou 59 QRP)

 

f) E s t a ç õ e s YL

RST + YL (599 YL ou 59 YL)

 

g) E s t a ç õ e s T EEN operadas por radioamador com idade menor ou igual a 17 anos.

RST + TEEN (599 TEEN ou 59 TEEN)

 

h) Estações RAEB (Radioamador amigo do Exército Brasileiro projeto RAEB que estão cadastrados no site do CRAEC)

RST + RB (599 RB ou 59 RB)

 

i) Estações de Demonstração (demonstration)

RST + FD (599 FD ou 59 FD)

 

i) Estações DX

RST + DX (599 DX ou 59 DX) QRP: 599 QRP ou 59 QRP MIL: 599 MIL ou 59 MIL

YL: 599 YL ou 59 YL

HQ: 599 HQ ou 59 HQ

TEEN: 599 TEEN ou 59 TEEN

FD: 599 FD ou 59 FD

RB: 599 RB ou 59 RB

 

J) Chamada Geral: CQ CVA…

 

4. VALIDAÇÃO DE QSO:

1) Serão válidos todos os QSO confirmados , uma estação trabalhada por banda. QSY  para outras bandas somente após o período de 10 minutos na banda com exceção das estações multi-two quando estiverem realizando qsos apenas com multiplicadores. Os períodos de dez minutos são definidos como começando com o primeiro QSO registrado em uma banda.

 

a) Estações brasileiras

Contatos entre estações do Brasil = 2 pts

Contatos entre estações do Brasil e DX = 3 pts

b) E s t a ç õ e s D X

Contatos entre estações no mesmo país = 1 pt

Contatos entre estações de diferentes países = 1 pt

Contatos com estações do Brasil = 3 pts

 

c ) Todas Estações

Contatos com a estação diretora (PT2CVA) = 10 pts

Contatos com estações MIL , YL, TEEN, FD, MIL, HQ ou RB = 5 pts (independentemente do país) Contatos com estações QRP = 3 pts (independentemente do país).

 

2) Validação de QSO com estação não participante (indicativo sem Log)

Um QSO com estação não-participante do CVA será valido somente se:

a) O indicativo esteja presente em pelo menos mais 05 (cinco) Logs de estações participantes e;

b) Outra estação participante tenha registrado o mesmo indicativo não participante na mesma banda e num intervalo de tempo de 10 (dez) minutos.

 

3) Indicativos presentes em apenas 01 (um) único Log serão denominados UNIQUES e considerados como erros de registro de QSO.

 

5. MULTIPLICADORES:

Dois tipos de multiplicadores serão utilizados:

M1) Multiplicador por diferente UF Brasileira contatada por banda. Exemplo PY1CJ logado em 28.000 Hz e 14.000 Hz somam 02 (dois) multiplicadores

M2) Um multiplicador diferente por país computada uma única vez em todas as bandas.

Exemplo N1MM  logado em 28.000 Hz e 14.000 Hz soma 01 (um) multiplicador.

 

Atenção: No módulo N1MM as  estações com os exchanges  “MIL , YL, TEEN, FD, MIL, QRP, HQ ou RB” não estão sendo contabilizadas como multiplicadores UF, mas no programa de apuração do CVA as mesmas serão contabilizadas como multiplicadores normalmente.

 

Permitidos contatos com estações do próprio país para o crédito de multiplicador.

 

*Unidades Federativas:

 

Estado UF Estado UF Estado UF
Acre AC Alagoas AL Amapá AP
Amazonas AM Bahia BA Ceará CE
Brasília DF Espírito Santo ES Goiás GO
Maranhão MA Mato Grosso MT Mato G do Sul MS
Minas Gerais MG Pará PA Paraíba PB
Paraná PR Pernambuco PE Piauí PI
Rio de Janeiro RJ Rio G Sul RS Rondônia RO
Rio G Norte RN Roraima RR Santa Catarina SC
São Paulo SP Sergipe SE Tocantins TO

 

6. PONTUAÇÃO FINAL

A pontuação final é obtida pela seguinte fórmula:

Total da pontuação  final = soma de pontos de QSO de todas as bandas x [M1 (UF por bandas) + M2 (Países trabalhados a partir de todas as bandas)].

 

7. PENALIDADES:

 

  1. Indicativo incorretos: perda de QSO para a estação que digitou errado o indicativo;
  2. Exchanges incorretos: (exchange de registro não coincidirem com o exchange enviado por outra estação; só podendo ser utilizados os exchange previstos no CVA ) perda do QSO para o radioamador que anotou incorretamente o exchange;
  3. Duplicar QSO : não há penalidade porem apenas um QSO será validado;
  4. Erro banda mudança no log : perda dos QSOs na banda digitada incorretamente;
  5. Horário de tolerância no log: é tolerado a diferença de 5 (cinco) minutos entre os QSOs, fora isto o QSO é invalidado para os dois;
  6.  Envio de logs em papel ou formatos não aceitos pelo sistema de apuração : perda de todos os qsos (é admitido que o radioamador possa corrigir seu Log recusado pelo sistema de apuração, durante a fase de envio de Logs desde que  apenas no tocante ao formato do cabeçalho do Log);
  7. O uso do DX Cluster é permitido, porém o auto-spot é proibido: perda de 100 pontos por auto-spot comprovado
  8. Marcação de QSY para outras bandas para validação de QSO: advertência e em caso de reincidência desclassificação
  9. Chamar estação em QRG de chamada de outra estação: (existindo meios de comprovação e desde que a chamada seja intencional, nos casos em que o fato for julgado não-intencional não será passível de punição).  A Organização do CVA através da estação diretora  PT2CVA atuará como árbitro EM TODAS QRGs. CASO presencie a infração advertirá ostensivamente a estação na QRG, ocorrendo reincindência estará sujeita à perda de 1000 (mil pontos). As estações que sofrerem penalidades terão direito ao contraditório e ampla defesa pela organização do  CVA DX.

 

8. RECURSOS

A Organização do CVA DX CONTEST somente aceitará recursos, até 5 (cinco) dias após finalizada os envios dos logs da fase SSB e publicação dos Claimed Scores e 48 hs após a divulgação dos resultados finais do CVA DX CONTEST.

 

9. DECLARAÇÃO:

Ao enviar uma inscrição ao CVA DX CONTEST você concorda que:

1) você leu e entendeu as regras do concurso e concorda em seguir as mesmas,

2) você tem operado de acordo com todas as regras e regulamentos pertencentes ao radioamadorismo de seu país,

3) seu log pode ser aberto ao público e,

4) todas as ações e decisões do Comitê CVA DX Contest são oficiais e finais.

 

10. LOGS E RESULTADOS:

1) Todos os logs deverão ser enviados no site do CVA (http://www.cvadx.org)  até o dia 15 Set do ano do conteste

Os log deverão ser enviados no formatos Cabrillo para:  cw@craec.org  e ssb@craec.org – colocando no assunto do email apenas o indicativo da estação exemplo: PS7AA

2) O Software recomendado para o registro do Log é o N1MM, atualização a partir da Versão: N1MM-newexeV13.07.03.exe.

3) A atualização mais recente pode ser obtida  (http://n1mm.hamdocs.com/tiki-list_file_gallery.php?galleryId=15

4)O software N1MM, pode ser obtido em http://n1mm.hamdocs.com/tiki-list_file_gallery.php?galleryId=7

5) Os resultados serão publicados no site do CRAEC e CVA DX (http://www.craec.org) ou (www.cvadx.org).

 05/08/2013  Posted by at 22:00 Concursos No Responses »
May 062013
 

Entre os dias 3 e 5 de Junho de 2013, membros do GRATE e do RIO DXGroup participaram do conteste AVHFC (Araucária VHF Contest) dentro do Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis.

O conteste foi ativado com indicativo especial ZW1T, tendo como operadores: PY1ON (Linneu Bonorino), PY1CG (Carlos Guinle) e PY1NB (Felipe Ceglia) que acamparam no ponto mais alto, a 1666 metros no ponto denominado Pedra da Tartaruga.

O concurso AHVFC é uma competição direcionado às bandas de VHF de 2 e 6 metros, onde estações de todo o país se esforçam para realizar contatos a longa distância nessas bandas. Montamos no topo da pedra da Tartaruga uma estação para 2m e outra para 6m, com antenas direcionais de alto ganho e usando um gerador de energia próprio, dessa maneira nossas estações ficaram 100% autônomas, sem depender de nenhuma infraestrutura de apoio, o que nos prepara para uma possível operação em caso de emergência.

Além de diversos contatos com estações em diversos pontos do estado do RJ, conseguimos contatos com SP e MG, nosso contato mais distante foi com CU3EQ, Ilha dos Açores (Portugal) em HM68 na banda de 6 metros, ás 20:36 do dia 4 à 7.000km, e com ZW2F Pico do Itapeva, Campos do Jordão, em GG77 na banda de 2 metros, ás 00:17 do dia 4, à 300km.

Apesar do concurso ser focado em VHF, aproveitamos a ocasião para fazer o exercício de montar também uma estação de HF, com antenas para 15 e 10 metros, com a qual conseguimos contatos com Europa, Africa e Asia. Operações portáteis em concursos são excelentes como treinamento para diversas situações, pois precisamos montar toda a infraestrutura necessária para a realização de comunicados, sem a pressão de uma real situação de emergência…

Participaram dessa operação:

PY1ON – Linneu Bonorino

PY1CG – Carlos Guinle

PY1NB – Felipe Ceglia

Colaboradores  (essencialmente vitais)  que nos apoiaram e tornaram possível essa operação:

PY1ZK – Antonio Carlos (AC)

PU1TYZ – Antonio Carlos (Gargamel)

PU1VFT – Vanderley e sua linda família

PU1PQD – Marcio Braga

PU1MBZ – Marcos Carvalho Barboza, e sua filha Lethícia (10) que agora deseja fazer prova para radioamador.. PARABÉNS!!

RENATO DANTAS – Mais um futuro radioamador, sem ele nós estaríamos perdidos na montagem.

Nosso sincero e profundo agradecimento ao Parque Natural Montanhas de Teresópolis.

Diretor: Sr. Paulo Sérgio Bandeira.

Secretário: Sr. Raimundo Atonio Lopes

Aos Guardas e vigias:

Gilberto, Marcelo, Léo, Claudio Gomes, Claudio Jesus, Antonio Carlos e Serginho.

Agradecimentos á toda equipe do canal 17:
Repórteres, Walter & Johnatan, e a queridíssima Vívian Ghreice.

E todos os demais companheiros que de alguma forma contribuíram para a realização demais um evento do GRATE

Home » AVHFC 2013

GRANDE ENCONTRO DE RADIOAMADORES NA REDUC-RJ

21 de Setembro de 2013 - Encontro de radioamadores da APELL Refinaria da REDUC em Duque de Caxias - RJ
DSC06833.jpg

19 Encontro de Radioamadores

Aqui você encontra um pouco do que acontenceu no 19 Encontro em Teresópolis
1391651_1561565990724726_7722821013274260956_n.jpg
 06/05/2013  Posted by at 17:46 Concursos No Responses »